top of page

Como o Gerenciamento de Ativos de TI Impulsiona a Economia Corporativa

Engana-se quem vê o investimento no gerenciamento de ativos de TI como um gasto extra na arquitetura tecnológica de uma empresa. Em um cenário em que a tecnologia está inserida na maioria dos processos corporativos, ter uma visão clara dos componentes que articulam essa engrenagem é essencial para a economia e o sucesso.


Confira como o gerenciamento de ativos de TI pode colaborar para a economia de dinheiro e de recursos de uma empresa. Continue lendo!


O que é gerenciamento de ativos de TI?

O gerenciamento de ativos de TI é o processo de identificar, rastrear e gerenciar todos os ativos de hardware e software que a empresa possui e/ou disponibiliza. Isso engloba servidores, notebooks, computadores, celulares, impressoras, dispositivos de rede, licenças de software e outros itens relacionados à tecnologia que fazem parte da infraestrutura de TI.

8 situações em que o gerenciamento de ativos de TI ajuda na economia:


1-Melhor investimento dos recursos

Imagine a seguinte situação: a sua empresa contratou um novo funcionário que necessita de um celular corporativo. Como não há nenhum disponível no estoque, você solicitar a compra de um novo aparelho. Mas se você tivesse o controle de todos os seus ativos de TI, teria identificado que no mês passado outro colaborador havia feito uma troca, mas ainda não havia devolvido o antigo, que poderia ser sido realocado para o novo integrante, gerando economia de recursos.


Claro, esse é apenas um exemplo simples de como ter o controle dos hardwares e softwares colabora para a aplicação mais qualificada dos investimentos. Mas, esse monitoramento pode evitar muitas outras compras desnecessárias de equipamentos e licenças, economizando dinheiro e evitando o desperdício de recursos.

2-Diminuição dos custos de manutenção

Quantos custos de manutenção poderiam ter sido evitados com manutenções preventivas nos equipamentos? Certamente grande parte não é mesmo? Mas a verdade é que quando se trabalha com tantos ativos sem controle, é normal que na rotina agitada do mundo corporativo não seja possível manter a constância.


Neste sentido, tendo um sistema de gerenciamento de ativos de TI bem implementado, é viável programar manutenções preventivas, evitando falhas inesperadas e reduzindo custos de reparo de emergência, que custam muito mais.


3-Monitoramento de ativos

Outra vantagem de ter uma visão completa dos seus ativos e do estado de cada um, é a possibilidade de identificação de ativos subutilizados ou obsoletos. Desta forma, você pode prever com mais precisão os investimentos a curto, médio e longo prazo que terá de fazer.

Além disso, ao aposentar ou realocar esses ativos antigos, irá economizar em custos de energia, espaço e manutenção.


4-Investimento assertivo em licenciamento de software

Além dos gastos desnecessários com a aquisição de equipamentos, o gerenciamento de ativos também impede o que você gaste com licenças de software não utilizadas. O gerenciamento de ativos de TI ajuda a manter um registro preciso de licenças, garantindo que a empresa compre apenas o que é necessário.


5-Crescimento da produtividade

Contar com um software de gerenciamento de ativos de TI torna a rotina de toda a equipe muito mais ágil, pois automatiza processos e colabora para que tudo funcione corretamente, evitando interrupções no trabalho dos funcionários. Uma equipe produtiva é fundamental para a economia da empresa.


6-Mais segurança de dados

O gerenciamento de ativos de TI também contribui para a segurança de dados. A proteção eficaz dos ativos digitais evita perdas financeiras relacionadas a violações de dados ou interrupções no negócio.


7-Conformidade regulatória

Muitos setores exigem o cumprimento de certas regulamentações. Neste sentido, gerenciamento de ativos de TI ajuda a manter um controle rigoroso sobre os ativos, garantindo que a empresa esteja em conformidade com todas as regulamentações, o que pode economizar multas e penalidades.


Além de reduzir o custo operacional e de sistema para atender as conformidades de forma manual.


8-Planejamento estratégico

Por último, a visão que o gerenciamento de ativos de TI proporciona, contribui para o planejamento de longo prazo da empresa, ajudando a identificar áreas onde investimentos em tecnologia são necessários, bem como áreas onde os gastos podem ser reduzidos.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page