top of page
  • Foto do escritorA NOVA

Principais desafios da governança de dados e melhores práticas

Atualizado: 20 de jun. de 2023

Conhecer os principais desafios da governança de dados e quais são as melhores práticas para adotar é fundamental. De modo que, a gestão possa ser mais assertiva ao disponibilizar ferramentas de trabalho efetivas para o time, por exemplo.

Quando se conhece os desafios do setor é muito mais fácil gerenciar a equipe, garantindo que o time se sinta ouvido, acolhido e tendo suas demandas atendidas para que possam entregar o melhor trabalho.

Sob esse ponto de vista, trouxemos algumas informações relevantes sobre os desafios enfrentados na governança de dados e quais são as melhores práticas para o setor. Confira a seguir.

Principais desafios da governança de dados

Nos últimos anos as regras de governança de dados se tornaram mais complexas, ocasionando a necessidade de adequação por parte das empresas.

Com a regulamentação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), por exemplo, os responsáveis por atuarem no setor precisam estar atentos.

De modo que, possam atuar conforme as regras, visando manter os dados de seus clientes, colegas de trabalho e fornecedores sempre protegidos.

Além disso, as equipes precisam lidar com outras normativas semelhantes, como o caso da GDPR que está em vigor na União Europeia e impacta uma série de empresas à nível mundial.

Portanto, é uma área de trabalho na qual a equipe precisa estar em constante atualização para que não esteja exposta a cometer equívocos responsáveis por ocasionar multas, sanções e trazer problemas para a empresa.

Uma vez que, atuar de acordo com as normativas vigentes é necessário para proteger o negócio de eventuais vazamentos de dados e problemas jurídicos.

Segurança dos dados: um desafio para a governança

Nos últimos anos, o Brasil teve um aumento de 37% no número de ataques cibernéticos, segundo dados da Check Point Research divulgados em 2022.

Portanto, os responsáveis pelas políticas de governança de dados das empresas precisam estar constantemente atentos para o quesito segurança.

Documentar as regras, treinar a equipe e investir em tecnologias que visam a proteção de todos os dados que estão sob administração da empresa é de fundamental importância.

Tendo em vista que, ataques cibernéticos podem ocasionar danos irreversíveis para a imagem da empresa em caso de um eventual vazamento de dados dos clientes.

Além disso, não é raro que ataques cibernéticos ocasionem prejuízos expressivos para as empresas. Portanto, é fundamental que a equipe responsável pela governança de dados esteja atenta para a segurança. Independentemente de qual é o porte da empresa, a preocupação sempre deve existir.

Quais as melhores práticas para governança de dados?

Visando driblar os inúmeros desafios do setor, é importante adotar algumas práticas que vão fazer toda a diferença no cotidiano da empresa, são elas:

· Estabelecer uma estrutura de governança clara com as responsabilidades de cada colaborador bem especificadas com riqueza de detalhes;

· Criar um inventário de dados com identificação, catalogação e organização de onde estão os dados e como eles são usados;

· Ter dados de qualidade, completos, consistentes e precisos;

· Estabelecer medidas de segurança como o controle de acesso, autenticação e até mesmo criptografia de dados sensíveis;

· Oferecer treinamento para a equipe;

· Monitorar e auditar frequentemente.

Tais políticas são responsáveis por uma boa governança que evitará uma série de problemas para a empresa.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page